segunda-feira, 28 de março de 2011

When there's no more room in Hell, the dead will walk the Earth


É eu sempre senti vontade de acompanhar os dias de uma pessoa, vigiá-la. , saber todos seus gostos, suas manias, seus amores, seus terrores, seus pecados, até descobrir algo de errado com ela,  e derrepente amarra-lá em uma cama semi nua, fazer ela confessar todos seus pecados , seus erros,  fazê- la chorar de dor, pressionar ela, sussurrar em seu ouvido que ela está morta, sussurrar pequenas palavras que são ditas no dia-a-dia por ela, até ela não conseguir mais ouvir seus proprios pensamentos, ouvir seu grito dolorido de "socorro" , ou "por favor me solte" faze-la sentir a dor que ela causou em outra pessoa , passar a faca lentamente sobre sua barriga e descer até suas pernas, entrar no seu psicológico, conseguir números de telefones de pessoas que ela ama, e atrai-lás para aquele lugar , e então pressiona-lá até que ela mesmo não suporte mais e acaba se matando, e então eu saio antes que a outra pessoa chegue, eliminar evidencias , provas, e tudo não passará de um longo mistério, da água na boca só de imaginar tudo isso, fala sério , isso séria demais, quem disse que eu não sonho ? quem disse que eu não pesso coisas ? quem disse que isso é só um texto sem sentido nenhum pra um blog ridículo ? já pensou que eu realmente queira isso ? ja pensou que eu poderia fazer isso com você ?  talvez seja  melhor você começar a pensar, porque isso não é impossível, já pensou que todo esse tempo eu só estava te analisando antes de dar o bote ? é isso não é uma idéia muito ridicula , direi a você com a maior sinceridade do mundo não confie plenamente em alguém, porque até esse alguém tem um desejo obscuro e sadico dentro dele mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário