quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

minha mamória falhou

Um dia escutei um grito abafado entre as lágrimas de uma garota que estava sentada no chão , sem fôlego nem pra falar, perguntei oque havia acontecido ela me disse que as coisas eram difíceis e que ela tinha se cansado, pedi para especificar aquelas lágrimas que escorriam sem freio nenhum, ela disse que estava cansada da vida dela , da rotina , das pessoas , das vozes , das palavras , ela disse que precisava ir pra um lugar diferente, com pessoas diferentes , com lugares que ela não conhecia , queria viver longe da onde foi criada , queria esquecer quem conheceu , e conhecer pessoas novas todos os dias , disse que precisava de um tempo e de um emprego pra se virar longe dali " minha maior humilhação seria ir embora e não conseguir nada em outro lugar e voltar pra casa , isso seria o fim " , aquelas palavras dela tremia quando eram anunciadas tão fracas e frágeis. No dia seguinte  quando levantei , eu estava em um lugar que não era minha casa , nem de um amigo meu, não lembrava como fui parar ali eu só  lembrava da garota , do choro e de sua voz , mais não do rosto dela , uma imagem escura refletia quando olhava sobre sua face , então vi uma fita de vídeo , jogada sobre o tapete do quarto , a peguei e coloquei , e lá estava a menina com a cabeça baixa , assim como no dia anterior  , mais eu não vi ninguém gravar aquilo , eu estava de frente pra garota e nenhuma camera chegou perto dela, no fim do vídeo a garota levantou o rosto , confesso me assustei sim , tirei a fita de vídeo , e tentei lembrar oque fiz no dia anterior além de falar com a garota , mais nada me vinha a mente minha memória era uma caixa vazia então vi uma foto pendurada na porta do quarto , era a garota ou melhor era eu, eu não conseguia explicar aquilo pra mim mesma , como aquela garota poderia ser eu ? como eu poderia estar ouvindo meu próprio choro abafado ? era difícil de entender , e ainda mais difícil aceitar não tinha como acreditar que tudo que pedi tinha acontecido, pedi pra ir embora pois tinha cansado de tudo , pedi pra esquecer as pessoas que conheci e na verdade eu não lembrava de ninguém , eu estava tão confusa minha cabeça rodava e rodava, tentava entender como aquilo avia acontecido , e não conseguia , depois de varias lágrimas que derramei , eu lembrei de alguém , só de um único alguém, mais não tinha seu numero , não lembrava seu endereço , só seu nome e desde então estou a sua procura, e irei te achar para que possa me contar como aquilo avia acontecido , e porque eu só lembrava de você

Nenhum comentário:

Postar um comentário