quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Me Definindo , [...]



Como me definir ... bem eu sou um alguém que vive de fases, por exemplo escrevi um enorme texto sobre amor, e segundos depois escrevo outro sobre a morte e a dilaceração de uma cadáver,  oque ? se eu senti algo quando contava detalhes sobre aquele corpo aberto com sangue gelado invadindo o solo dos meus pés ? ah não foi como contar do meu primeiro beijo, é tão natural que chega ser diferente, tenho um lado digamos que seja meio obscuro, e desconhecido para os outros, é algo calmo que age sigilosamente em mim, algo frio que sabe disfarçar e calcular cada passo, como explicar para que você possa entender, é estar em plena lua de mel e depois de horas de sexo , quando ele esta dormindo  usar a sua faca que estava escondida em baixo do travesseiro o tempo todo , entende ? é ser fria em esfaquear seu " RECÉM " marido sem dó , isso me deixa intrigada as vezes quer dizer até onde eu sou capaz de ir para conseguir oque quero, ? sou capaz de ir mais fundo, ? sei que sou uma garota como outra qualquer, mais quando acontece uma coisa mais drástica digamos assim , eu sou a pior pessoa que você possa imaginar, posso estar morrendo mais eu levanto para conseguir te levar comigo , sempre achei que quando visse alguém morrer e seu sangue espalhado pelo chão, me daria uma enorme ânsia mais foi diferente, não sei se foi porque meu ódio superou meu enjoou, ou simplesmente o sangue que espirrou sobre meu rosto não mexeu comigo, sabe qual é a sensação de ver um cadáver no chão com o sangue no solo dos  seus pés e espirrado pelo rosto ? satisfação, me senti satisfeita quando aquilo ocorreu. Minha imagem é refletida através de uma espelho quebrado no chão, mesmo com os pedaços unidos mais uma vez, ele ainda está quebrado e a imagem é outra, está é a minha definição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário